#32 - Rodrigo Campos - Sambas do Absurdo (2017)

Dec 21, 2018
#32 - Rodrigo Campos - Sambas do Absurdo (2017)

Depois de um hiato gigantesco, Maniçoba Podcast retorna, após “clamor” do público, com ares contemporâneos. O disco “Sambas do Absurdo” do Rodrigo Campos, Juçara Marçal e Gui Amabis é degustado numa conversa que abordou de Herbie Hancock a Despacito.

LadoA

Introdução com Beleléu, Leléu, Eu. Hiato de mais de um ano e clamor do público. Comentários nas redes sociais. Musicália. Pesquisa ABPOD. Douglas, consultor filosófico. Novidades do compositor Igor Menezes. Beto Pacheco e o Escuta Aí, Curitiba! Brasil precisa de diálogo. Corte no Isca de Polícia. Primeiro programa abordando o século XXI. Lado errado. Se não errar a faixa, não é Maniçoba Podcast. Albert Camus. Show do Teatro Paiol. Edição da Goma Gringa. O mito do absurdo e o suicídio. Revolta como possibilidade. Letras do Nuno Ramos. Autor da obra Vai Vai. Risco do discurso conceitural. Incômodo do disco. Origem do Rodrigo Campos no samba em São Mateus. Estranheza no que é cotidiano. Em Pinheiros, Ó do Borogodó. Bahia Fantástica. Coisas, Moacir Santos. O silêncio no disco. Sinta quem lê, Fernando Pessoa.

LadoB

Conversas paralelas. No tempo do professor Nivas. Primeiro satélite geoestacionário brasileiro. 3 bilhões de visualizações do vídeo Despacito. Compra da Fox pela Disney. Condenação do Lula. Amalia, filha da Natalie Portman. Chuck Berry, Kid Vinil e Belchior. Geração criativa do Brasil da atualidade está em São Paulo. Metal Metal, Metá Metá. Thiago França. Rômulo Froes. Passo Torto. Kiko dinucci e Marcelo Cabral. Bixiga 70 e estética do disco Mulher do Fim do Mundo, Elza Soares. Dani Black e Chico Buarque. Gravação de Tempo de Amor por Herbie Hancock. 5 a Seco. Absurdo do Marlos Soares. Mudanças sociais.


Comentários