#27 - Sérgio Sampaio - Eu Quero É Botar Meu Bloco Na Rua (1973)

Feb 1, 2017
#27 - Sérgio Sampaio - Eu Quero É Botar Meu Bloco Na Rua (1973)

O Maniçoba Podcast retorna, após um longo período sem gravações, para explorar juntamente com o convidado Beto Pacheco do podcast Escuta Aí Curitiba o primeiro disco do Sérgio Sampaio, Eu Quero É Botar Meu Bloco na Rua (Philips, 1973). Músico de Cachoeiro do Itapimirim, cidade de Roberto Carlos, Sérgio foi descoberto por Raul Seixas enquanto ele trabalhava na rádio CBS. Sua música brasileira, baseada em violão, mas com atitude rock, chamou atenção de Raulzito para a produção do disco quase surreal Sessão das 10. Escute estas e outras histórias na edição número 27 do Maniçoba Podcast.

LadoA

Garrincha da MPB. Malditos benditos. Ressurreição da ressurreição. 125 anos de Nivaldo. Beto Pacheco: o convidado engatilhado. Marcelo Pulga e sua ressaca. A plateia. Sergio Sampaio como símbolo das mudanças da indústria musical: seria reconhecido hoje? O país do Guimarães Rosa. Descoberta pelo Raulzito. Morador das ruas da Lapa. Conterrâneo de Roberto Carlos: Cachoeiro de Itapemirim. Trabalho como radialista. Jogado na sarjeta. Pai era maestro de banda. “Cala a boca Zebedeu”: composição do pai. Raul Seixas estranhando a vestimenta do Sergio. Inspiração de Augusto dos Anjos. A virada de Rauzito para Raul Seixas e o papel do disco “Sessão das 10”. Comentários dos ouvintes. Eu quero botar meu bloco... Let me Sing: a conexão. Jerri Adriani e o papel de descobridor. A influencia de Kafka na musica do Sergio. “Sol 40 graus”: gravado pelo trio ternura. A precisão de Nivaldo. Disco em homenagem/ critica ao Roberto Carlos. Um artista que se despia nas composições. Beto Pacheco e a parceria musical. Habilidade dos grandes artistas: capacidade de se despir.

LadoB

Nivas: o Benjamin Button. O canal Televisa estreia. Chaves e Marimar. Independencia das Bahama. Sidney Opera House. Tratado de Itaipu. Nascimento de Leticia Spiller. Sergey Brim. Falecimento de Evaldo Braga e Fulgencio Batista. A saúde sexual do idoso. A grã-ordem cavernista. Edy Star, Miriam Batucada e Raul Seixas. Opera-rock, Sargent Peppers e Frank Zappa. Gravação ás escondidas? Criação de lendas? O quase assassinato do Beto na Sapucaí. Na pele do diabo. CBS americana: “Que porra é essa?”. Faleceu devido ao alcoolismo. Sintonia com os movimentos musicais mundiais. Pet Sounds. Edu Star e a homosexualidade assumida. Sergio foi o primeiro artista da contra-cultura de Cachoeiro do Itapemirim. CBS e o fomento da música popular. Ligação da poética brasileira e com o violão. Refem de uma música só? Hino da geração. A Nara Leão e seu apoio ao Sergio no festival de 1972. Durango Kid.


Comentários