#15 - Waltel Branco - Meu Balanço (1975)

Mar 11, 2013
#15 - Waltel Branco - Meu Balanço (1975)

Meu Balanço (CBS, 1975) é o mais cultuado disco do grande maestro paranaense Waltel Branco. Uma pedrada musical brasileira única. Waltel tem uma história musical vastíssima e esteve envolvido em consagrados discos e trilhas sonoras brasileiras e norte americanas.

LadoA

Numa relax, numa tranquila, numa boa. Tim Maia. Música cosmopolita. Tomando uma cerveja com o mestre. Disco raro. 1975 ou 1972? Discogs. Influência de funk e soul cubano. Pai músico. Paranaguá, uma beleza envelhecida. Itabira e Santo Amaro da Purificação. 8 horas de estúdio do disco do Roberto Carlos. Temporada em Cuba. Músico de apoio da Lia Ray. Buena Vista Social Club. Participou das apresentações de Stravinski no Brasil. Na Espanha, tocou com Andrés Segovia. Tango, Jazz, Rumba, Bossa Nova. Astor Piazzolla. Período em Copacabana: Chega de Saudade e João Gilberto. Arranjo para Insensatez negado. Filhas do Waltel: Jael e Soraia.

LadoB

Temporada nos Estados Unidos: Quincy Jones, Sal Salvador, Nat King Cole e Henry Mancini. Seminarista. Trilha da Pantera Cor-de-Rosa. Jaws, A Hora do Vampiro e São Silvestre. Geada Negra no Paraná. Érico Veríssimo e Plínio Salgado. Músico contratado da Rede Globo. Radamés Gnattali, Alceo Bocchino, Mário Tavares, Bento Mossurunga, Guerra-Peixe. Criador de cães Filas Brasileiros. Mussum. Baden Powell e as Guitarras em Chamas. Roberto Menescal. Cultura Afro. Black Power do Waltel. Feijoada no Dom Max. Cassinos. Título de Doutor Honoris Causa pela UFPR. Zoraia. Faixa Bônus.


Comentários