#2 - Tim Maia - Tim Maia (1970)

Mar 26, 2012
#2 - Tim Maia - Tim Maia (1970)

LadoA

Convidado Anderson Lee, japonês com sangue negro. Destino inexorável do Tião Marmiteiro. Quem é Cristina? Alma negra do Tim Maia. Funk com baião, soul e rock. Os trilhos da música popular brasileira. Ida aos Estados Unidos e a formação do The Ideals. Triatleta: fumava, bebia e cheirava. Programa de TV do Roberto Carlos. Vulgo Tião Maconha. Visual da jovem guarda. Beatles inflamando os ares mundiais. Tim escondeu na garagem do prédio de Roberto. Não vou Ficar foi a guinada na carreira do Roberto. Uma pausa e um brinde. Roberto deixou de ser o bom menino. Elis Regina, porta voz de muitos músicos do Brasil. Waltel Branco participou das cordas do disco. A característica principal do Tim Maia é o excesso.

LadoB

O Universo em Desencanto. Muitas pessoas ainda seguem a Cultura Racional. A volta de Tim Maia. Viveu fazendo as coisas que queria sem pensar nas consequências. Ele vem ou não vem? Primavera: uma das maiores despertadoras de beijos. Tim tinha desejo de ser um homem de família. Drogas e obesidade. Glicemia de 800 mg/dl. Diabetes causa disfunção erétil. Alternava riqueza/pobreza. Semelhança com Raul Seixas: poetas ao extremo. Ed Mota X Tim Maia. Parcerias: Fábio, Cassiano e Hyldon. Tim escutava o ui-ui-ui, ai-ai-ai. Sofá dromedário. Música meio macambúzia. Últimos discos de Tim Maia. Lágrimas saltitantes. Loja Túnel do Rock em Curitiba. Ar tupiniquim único. Tim Maia se declarava um dos melhores músicos do mundo. Tudo é tudo e nada é nada.


Comentários